O que soprou do leste

A madrugada pode ser fria, o tempo pode ser curto e a separação pode ser mais rápida que os raios solares que te fazem acordar todos os dias de manhã, mas tudo não é em vão quando tentamos alcançar os nossos sonhos.

Vivemos um dia de cada vez, cada momento pode ser o último dia juntos e tudo corre tão rápido que quase não conseguimos ouvir.

O que ouvimos são apenas sons de invernos que nunca vem, verões que foram embora e outonos que foram mas logo voltarão.

O inverno veio, como uma luz, um último resquício do que sobrou da queda e a  queda foi apenas um passo. Pra frente, pra trás não importa. O que importa é que a partir de agora tudo será diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s